Como nunca antes no meio corporativo, o tema proteção de dados está em alta. Em setembro de 2020 a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) entrou em vigor, criando uma verdadeira corrida contra o tempo para a adequação.

Essa corrida ganhou nuances ainda mais dramáticas quando, ainda em setembro, empresas foram condenadas por não se adequarem à LGPD. E como se não bastasse, em janeiro de 2021, ocorreu o maior vazamento de dados da história do país, prevendo uma postura mais consciente do público em geral sobre os dados pessoais.

Esse tema, apesar de relativamente novo no Brasil, já é difundido no mundo. A União Europeia, por exemplo, possui regulamento para todos os países pertencentes a esse grupo desde 2016. A General Data Protection Regulation (GDPR) entrou em vigor em maio de 2018 para proteger todos os cidadãos europeus contra violações de privacidade.

A jornada para a transformação digital e a necessidade da adequação a LGPD, tem levado cada vez mais, empresas a buscarem soluções de segurança de dados e redes na Nuvem. No entanto, ao escolher soluções de cloud computing, é preciso selecionar um provedor de serviços preparado para os novos compromissos de privacidade. E a HostDime Brasil é um Data Center com ênfase completa na proteção de dados, conheça agora nossas soluções.

Primeiro desafio: ter uma visão geral da lei.

Uma boa forma de iniciar a jornada para adequação da sua empresa é beber da fonte da informação, ou seja, realizar a leitura da lei. E aqui vai uma boa notícia: o texto não é muito extenso, está muito bem estruturado em dez capítulos coesos e de fácil entendimento. Confira o texto completo da lei.

Agora, se você é do tipo de pessoa que gosta de praticidade, nós preparamos um guia que mostra os pontos principais da lei, ilustra situações com exemplos reais, elucida os termos técnicos e ainda apresenta um passo a passo para adequação. Baixe Gratuitamente o guia para otimizar a segurança de dados da sua empresa.

Seis passos para ficar em conformidade com a LGPD

Por ser uma legislação recente é comum o surgimento de dúvidas. Por isso, para facilitar o entendimento, reunimos seis passos importantes para orientar sua empresa na adequação à LGPD. As seis etapas foram criadas de acordo com a lei e estão com mais detalhes no guia que citamos acima.

  • Criar um comitê para análise de tomada de decisões (Compliance)

    Reunir uma equipe responsável por coordenar o processo de adequação. O grupo de trabalho ou comitê precisa ser composto por membros de diversas áreas, principalmente líderes de setores que estão diretamente ligados ao tratamento de dados na corporação.

  • Mapear e entender o ciclo de vida dos dados

    O ciclo de vida de dados é tudo o que envolve as informações obtidas por uma empresa ou instituição, desde sua coleta até a sua devida destruição. Sendo assim, é possível entender todo o fluxo e enxergar onde aplicar a regulamentação.

  • Adotar regulamentação e padrões de segurança da informação

    É preciso criar regulamentações, o qual guiará o grupo de análise na formatação da determinação que melhor atenda a organização. O trabalho deve ser realizado de mãos dadas com o setor de TI, que vai implementar conjuntamente padrões de segurança da informação.

  • Auditar e monitorar o ambiente

    Os documentos oficiais que estabelecem normas e diretrizes para a sua empresa devem ser revisados por especialistas, garantindo que todos os tópicos estejam em conformidade com a nova lei. É imprescindível incluir nesta lista os documentos digitais.

  • Criar relatório de impacto à proteção de dados pessoais

    Os documentos oficiais que estabelecem normas e diretrizes para a sua empresa devem ser revisados por especialistas, garantindo que todos os tópicos estejam em conformidade com a nova lei. É imprescindível incluir nesta lista os documentos digitais.

  • Criar plano de ação para situações de emergência

    Deve ser instituído um plano de ação em caso de emergência, principalmente para possíveis casos de vazamento de algum dado ou invasão à base de dados. Assim, levando em consideração aspectos como: origem do vazamento; evidências; duplicações de dados; tracking; logs de rastreabilidade; e revisão de permissões de acesso.

A nuvem e a LGPD

Quando falamos de proteção da Nuvem, as organizações devem ter em mente uma série de estratégias. A começar pela escolha minuciosa do provedor de serviços, que precisa estar preparado para os novos compromissos de privacidade. Também é fundamental certificar se o armazenamento dos dados é feito de modo criptografado, quando necessário, pelo nível de sigilo da categorização de um dado.

A HostDime Brasil é um Data Center em conformidade com a LGPD, sendo a primeira empresa do país a ter a certificação ISO 27701, a ISO da LGPD. E também, a primeira empresa brasileira com ênfase completa na proteção de dados do sistema de gestão de segurança da informação.

Reduza os custos de manter um servidor local, e proteja a sua organização dos riscos de perder todos os dados por problemas técnicos ou ataques virtuais. Fale agora mesmo com um dos nossos especialista e conheça nossas soluções