width=
É isso mesmo. Conforme notícia publicada no ExtremeTech, o gigante Google bloqueou os domínios .CO.CC dos seus resultados de buscas! Segundo justificativa da empresa, o principal motivo pelo bloqueio dos subdomínios de seu sistema é que muitos estavam sendo usados por malwares, vírus, etc.
Diferentemente dos domínios .co.uk, por exemplo, os domínios .co.cc são de propriedade de uma empresa da Coréia do Sul, que os revende em planos gratuitos e pagos. Originalmente, a TLD .cc é original das Ilhas Cocos ou Ilhas Keeling. Os domínios .cc ficaram famosos mundialmente graças à adoção por parte dos usuários desta empresa sul coreana.
Outro motivo que poderia justificar a remoção dos domínios .co.cc dos resultados pode ser a criação de websites (e domínios) com o único objetivo de link building, favorecendo o posicionamento de websites por sua referência, informação que não foi confirmada pela empresa.

Você tem outras opções

Se você era um usuário dos domínios .co.cc e deseja ainda aparecer nos resultados de buscas, há duas alternativas que podem te ajudar:

  • Utilizar outro serviço de registro gratuito de domínios: A HostDime oferece hospedagem gratuita com o registro de domínios .hd1.com.br ou .hdfree.com.br sem custos ou publicidades obrigatórias. Estes subdomínios estão sendo indexados normalmente pelos mecanismos de buscas (inclusive o Google) e já são usados por milhares de clientes. Confira maiores informações aqui;
  • Serviços de hospedagem profissional: A alternativa (paga) é a utilização de um serviço de hospedagem profissional com o seu próprio domínio, .com, .net, .com.br, etc. Se escolher este caminho, considere a HostDime em sua pesquisa! Veja os nossos planos de hospedagem.

A pergunta que não quer calar: Qual será o próximo?

Existem diversos serviços de registro gratuito de domínios na internet (onde você apenas registra o subdomínio e hospeda onde desejar). Agora, os usuários destes tipos de domínios devem ficar atentos se os seus sites continuam sendo indexados pelo Google. O jeito é aguardar!
Com informações de FayerWayer Brasil.