Blog

Tecnologia e Saúde: Proteja os dados dos seus pacientes

17 Nov 2020 • Leitura 5 min

Um sistema de registro eletrônico dos pacientes é atualmente indispensável para a gestão eficaz de clínicas e hospitais. Informações sobre a última consulta, o histórico de doenças familiares, a resposta do paciente a determinados medicamentos e muitas outras, quando tratadas de forma correta aumentam significativamente o potencial de resposta da equipe médica e ajuda a prevenir erros.

Importância de infraestruturas que garantam segurança 

Utilizar sistemas, ferramentas e infraestruturas de TI que garantem a segurança dos dados de um paciente é essencial para a manutenção das atividades de uma clínica ou hospital. A aplicação de novas tecnologias e reelaboração de procedimentos gera uma transformação do modelo de negócio hospitalar e clínico. É o acolhimento por meio da tecnologia.

Além das facilidades que o investimento em inovação traz para uma empresa, é preciso estar atento ao fato de que a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) já está em vigor. As empresas que ainda não conseguiram completar o processo de adaptação à LGPD deverão redobrar a preocupação em manter compliance com as novas regras em seus processos, mas as punições só acontecerão a partir do ano que vem.

Entre as diversas notícias sobre o tema, o essencial é destacar que o seu negócio não precisa criar processos e tecnologias “do zero” para se adequar à lei. A melhor solução é contar com um parceiro que pense em manutenção, segurança de informações e processamento de dados de forma otimizada. 

Ao contrário, a empresa pode ser condenada, como já aconteceu em São Paulo e Pernambuco, mesmo que a Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD) não esteja totalmente criada – é ela que vai regular a lei. 

Dados de pacientes foram sequestrados em clínica na Finlândia

Também é necessário ter consciência que a apropriação indevida de dados tem se tornado cada vez mais comum, por isso o momento requer ainda mais segurança. 

Para servir como exemplo do quanto é necessário resguardar os dados de um paciente, vamos citar um caso que aconteceu na Finlândia: dados de pacientes de uma clínica de psicoterapia foram roubados dos servidores da empresa. 

O caso foi divulgado recentemente pela BBC. A clínica teria que pagar uma grande quantia para que essas informações não fossem divulgadas. Até os próprios pacientes foram chantageados a realizarem pagamentos em troca da proteção das suas informações. Se houvesse um sistema que trabalhasse de forma preventiva, os dados não teriam sido roubados.

Assegurar a confidencialidade do paciente é uma questão de ética

Assim como a segurança dos dados é uma questão de privacidade dos pacientes, também faz parte da ética médica. Toda essa coleta de dados exige muita responsabilidade por parte das empresas. 

Essa estrutura de direito digital, que vem com a LGPD, vem com uma carga de burocracia, mas também com determinações e regras que estabelece o bom uso da tecnologia para determinados fins. 

Da mesma forma que um diagnóstico de um paciente, por exemplo, não pode ficar exposto em cima de uma mesa para que outras pessoas possam ver, os dados sensíveis dos pacientes não podem ser vazados.

Para entrar em um programa de atenção à saúde, o paciente precisa dar permissão para que o grupo de atenção primária tenha acesso ao seu prontuário. Também são necessários cuidados para que, na elaboração de relatórios de saúde populacional, os indivíduos não sejam identificados.

Aplicando a tecnologia na segurança de dados

O túnel entre os dados que estão hospedados na cloud e o hospital precisa ser 100% criptografado, para qualquer hacker que venha a ter acesso só obtenha um dado criptografado, impossível de ser lido. Para alcançar as informações, apenas por meio de um token de segurança.

Para conseguir lidar com os dados de forma segura e obter mais eficiência nos resultados, é importante ter uma estrutura de data center com capacidade de rodar sistemas assim com segurança, alta disponibilidade e escalabilidade. Sem isso, tanto o paciente quanto o gestor podem sair prejudicados.

Conte com a HostDime para oferecer a segurança que a sua empresa de saúde precisa. Estamos prontos e engajados no futuro para garantir tecnologia inovadora, redução de custos e modernização da infraestrutura de TI, sem que os dados fiquem comprometidos.

Recentemente realizamos uma live sobre Jornada da Transformação Digital na Saúde  e conversamos com Dr. Gustavo Bacelar, especialista em maximizar os resultados de organizações de saúde, brasileiro residente em Portugal; e com Bartolomeu Melo, CEO da Leve Tecnologia, que atua entregando soluções digitais para desafios em hospitais e clínicas em todo Brasil. A partir da live, criamos um ebook para falar dos pontos mais importantes do bate-papo.

 Fale com um de nossos especialistas e tire sua dúvida.

Posts
Relacionados

17 Nov 2020 • Leitura 6 min

Tecnologia e Saúde: Proteja os dados dos seus pacientes

voltar para o blog

#CONNECTEDHDBR

Receba nossas
novidades

Deixe seu e-mail para receber nossa newsletter
de novidades, descontos e lançamentos.


Siga nossas
Redes Sociais

Estamos
esperando seu
contato

4007 2085

Capitais e Regiões Metropolitanas

0800 000 2085

Demais Regiões

(+1) 407.756.1126

Ligue-nos Internacionalmente

Vendas / Suporte Financeiro

Segunda / Sexta • 8h - 18h

Suporte

24h por dia


PRODUTOS
Servidores DedicadosServer CloudColocationOutros Produtos
© 2020 HostDime Brasil. All rights reserved.
Contrato
Política de Privacidade
Cookies